Você está em:

http://schema.org/InStock 38.00
321-0- Saúde emocional Farmacia Eficácia 0.0600 kg

L-Theanine 100 mg - 60 cápsulas

Compartilhe:

L-Theanine 100 mg - 60 cápsulas

  • 37 vendidos

 L-teanina é uma substância psicoactiva, o que significa que ela é capaz de atravessar a barreira que existe entre os vasos sanguíneos do cérebro e o tecido nervoso e agir diretamente no sistema nervoso central através da interação direta com o cérebro. A maioria dos efeitos da L-teanina afetam positivamente o humor e promovem o relaxamento, embora nem todos estes efeitos tenham sido consistentes. 

Ver descrição completa

Descrição do Produto

L-THEANINE

Com ação direta sobre o sistema nervoso central, a teanina pode melhorar o sono, a concentração, o relaxamento e ainda proteger o cérebro. Veja a seguir como ela pode desempenhar esses papéis entendendo o que é a teanina, para que serve e quais os seus efeitos sobre o organismo humano.

O que é a Teanina?

L-teanina é um aminoácido não comum na nossa dieta (não é um dos aminoácidos essenciais ou mesmo um dos aminoácidos não essenciais comuns). Ela foi descoberta como um dos componentes do chá verde em 1949. É substancialmente presente nos chás derivados da Camellia sinensis, também conhecidos como chá branco, verde e preto, e também em alguns cogumelos. A L-teanina tem semelhança estrutural com a Glutamina e outros neurotransmissores que são produzidos a partir dele (GABA e glutamato) e é conhecido por ter ação no sistema nervoso central (cérebro) após a ingestão por via oral. A principal propriedade da L-teanina é atuar como um agente relaxante sem sedação – diferente da erva-cidreira, que relaxa, mas também pode sedar. Também está associada a uma redução da percepção de estresse e melhora de atenção. Desta forma, enquanto a L-teanina não parece induzir o sono, ela pode ajudar com o sono, devido ao seu efeito relaxante. Curiosamente, as propriedades relaxantes e que proporcionam mais atenção, em conjunto com a falta de sedação da L-teanina pode ter um papel suplementar mais significativo como um atenuante de efeitos excessivos de muitos estimulantes. Assim, uma possível combinação de L-teanina com cafeína (200mg cada) pode ter ação sinérgica na promoção da cognição e da atenção.

BENEFÍCIOS DA TEANINA

Controle da ansiedade

A L-teanina é uma substância psicoactiva, o que significa que ela é capaz de atravessar a barreira que existe entre os vasos sanguíneos do cérebro e o tecido nervoso e agir diretamente no sistema nervoso central através da interação direta com o cérebro. A maioria dos efeitos da L-teanina afetam positivamente o humor e promovem o relaxamento, embora nem todos estes efeitos tenham sido consistentes. A L-teanina desencadeia as seguintes respostas potencialmente positivas no cérebro:
– Afeta as ondas alfa no cérebro: As ondas alfa são as ondas cerebrais associadas com o estado de vigília e relaxamento. Eles atingem seus níveis mais elevados quando uma pessoa está acordada, relaxado, e tem os olhos fechados, mas desaparecem quando sonolência ou sono iniciam. Foi mostrado que a L-teanina estimula as ondas alfa do cérebro, sugerindo que ele tem a capacidade de colocar os usuários em um estado mais relaxado, em última análise, levando-os a adormecer.
– Aumenta os níveis de dopamina: A dopamina, o neurotransmissor que é liberado pelo cérebro como uma “recompensa” depois de se envolver em algumas atividades, tais como o consumo de alimentos ou ter relações sexuais, aumenta no cérebro em resposta a L-teanina. Substâncias que causam a liberação de altos níveis de dopamina podem ser viciantes, resultando em uma compulsão a buscar a sensação percebida de “recompensa”, ainda que involuntariamente. No entanto, L-teanina produz um aumento pequeno nos níveis de dopamina que não se mostrou suficiente para produzir esse efeito em ratos ou nos testes (mais limitados) em seres humanos.
– Aumenta produção de GABA (gama-amino-butírico): GABA é um ácido, cuja função é a de inibir ou limitar a atividade dos neurônios no cérebro, tendo o efeito de retardar processos neurais e induzir um estado de relaxamento. Acredita-se que L-teanina pode aumentar a produção de GABA, induzindo esse efeito.
– Pode aumentar os níveis de serotonina: A L-teanina não aumenta consistentemente a serotonina no cérebro, o neurotransmissor da “felicidade” responsável pela melhoria do humor positivo. Porém, foi demonstrado que pode resultar em um aumento em alguns casos. A melhora no humor limita a ansiedade, promovendo o pensamento positivo e desencorajando pensamentos negativos obsessivos.
– Quando associado à cafeína melhora a memória e tempo de reação: Quando combinado com a cafeína, a L-teanina promove um tempo de reação mais rápido e melhora a memória através da interação dos efeitos calmantes da L-teanina e os efeitos estimulantes da cafeína. Quando a ansiedade torna difícil se concentrar, ou se lembrar de nomes ou fatos importantes, o que pode causar ainda mais ansiedade mais tarde, a combinação destas duas substâncias psicoativas pode ajudar no foco e na retenção de informações.

Proteção do sistema nervoso central (SNC)

Estudos em animais indicam que a teanina também pode ter efeitos protetores no cérebro. Ela parece proteger contra o excesso de glutamato, um neurotransmissor natural que permite de sinalização entre os nervos. Este produto químico pode ser tóxico para o tecido nervoso se os níveis não são regulados. Teanina mostra alguns efeitos protetores em células nervosas, quando há um decréscimo do fluxo sanguíneo, causado por um acidente vascular cerebral, por exemplo. A proteção de células do SNC pode desempenhar também um papel importante em doenças que causam a ansiedade ao mesmo tempo, tais como a doença de Alzheimer.

Equilíbrio do sono

Como dito anteriormente, o efeito da teanina no cérebro é marcado por ondas cerebrais suavizadas. O corpo fica relaxado, a mente se acalma, mas nenhuma sonolência ocorre. Este é exatamente o tipo de relaxamento prescrito por terapeutas do sono. Estudos mostram que o relaxamento pré-sono é muito eficaz contra a insônia, mesmo em casos mais difíceis. Pesquisadores no Japão deram a voluntários 200 mg de L-teanina diária e gravaram seus padrões de sono em dispositivos usados nos seus pulsos. A L-teanina não fez os indivíduos dormirem mais, mas fez com que eles tivessem um sono melhor. Além disso, a qualidade do sono e a recuperação de exaustão foram reforçados pela L-teanina. Aqueles que tomaram o aminoácido sentiram-se como se tivessem dormido mais do que eles realmente dormiram. Esta é uma boa notícia para as pessoas que não dormem o suficiente, ou aqueles que querem dormir menos e fazer mais.

Proteção do fígado

A teanina também possui uma ação protetora no fígado. Uma pesquisa do Japão mostra que a teanina é um poderoso antídoto para os efeitos do álcool. Quando a teanina foi dada a ratos antes ou depois de beber álcool, reduziu significativamente os níveis de álcool no sangue. A teanina acelera o metabolismo de álcool no organismo, além de interceptar os radicais livres gerados nesse metabolismo. A teanina é capaz de reverter o dano causado pelo álcool porque restaura os antioxidantes do fígado, além de restaurar os níveis de glutationa.

Proteção do Sistema Cardiovascular

Tanto o chá verde e preto são conhecidos por estarem associados com a capacidade de resposta vascular aumentada devido ao estímulo da produção de óxido nítrico. A L-teanina parece promover a formação de óxido nítrico via fosforilação da enzima óxido nítrico sintase (eNOS), tendo efeitos benéficos protetores do sistema cardiovascular.

COMPOSIÇÃO

L-Theanine  - 60 cápsulas.

MODO DE USAR

Tomar 2 cápsula ao dia ou conforme a prescrição de um profissional habilitado.

ORIENTAÇÕES GERAIS

1. Nunca compre medicamento sem orientação de um profissional habilitado.

2. Imagens meramente ilustrativas.

3. Pessoas com hipersensibilidade à substância não devem ingerir o produto.

4. Em caso de hipersensibilidade ao produto, recomenda-se descontinuar o uso e consultar o médico.

5. Não use o medicamento com o prazo de validade vencido.

6. Manter em temperatura ambiente (15 a 30ºC). Proteger da luz, do calor e da umidade. Nestas condições, o medicamento se manterá próprio para o consumo, respeitando o prazo de validade indicado na embalagem.

7. Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.

8. Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas ou no período de amamentação sem orientação médica.

9. Embora não existam contra-indicações relativas a faixas etárias, recomendamos a utilização do produto para pacientes de idade adulta.

10. Siga corretamente o modo de usar.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

As Referências Bibliográficas em nosso departamento técnico farmacêutico, baseadas nas literaturas e materiais de nossos fornecedores.

Avaliações de Clientes:

R$ 38 ,00
em até 1x de R$38,00 sem juros
-
+
Compra 100% segura