Sugestões de alimentos pós-parto

Depois de ler, avalie o artigo aqui:
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Nenhum voto até o momento)
Loading...

Tempo de leitura: 4 minutos

A alimentação pós-parto deve conter, em média, 400 calorias a mais do que a mulher está habituada a comer no seu dia a dia, para garantir uma boa produção de leite.

Durante este período, é preciso ter algum cuidado com o que se come, visto que os nutrientes também chegarão até o bebê, através do leite materno. Um exemplo disso é o aparecimento de cólicas no bebê, que mama no peito, devido à alimentação da mãe.

Embora não haja evidências suficientes que indiquem restrições de alimentos às lactantes, é bom evitar ingerir chocolates, café, pimentas, condimentos fortes, alimentos ricos em enxofre (tais como couve-flor, ervilhas, jaca, melão, pimentão e outros), leite de vaca, repolho, cebola, feijão, pois muitos desses estão associados às cólicas no bebê.

Após o parto, as mulheres devem priorizar os alimentos ricos em água (frutas), em proteína (carnes, ovos e leite), em antioxidantes (frutas e vegetais) e em ferro (carnes e vísceras, leguminosas); sempre acompanhados de alimentos ricos em vitamina C (como as frutas cítricas), vitamina D, ômega 3 e Riboflavina (vitamina b2).

A alimentação no resguardo precisa conter mais calorias que o habitual. Isso é necessário devido à amamentação, que exige uma maior quantidade de calorias para uma boa produção de leite. Os alimentos ricos em nutriente são os mais recomendados para as mamães. Confira alguns deles:

  • Feijão, ervilhas e outras leguminosas.
  • Fruta como laranjas, melão, maçãs, blueberry, pêssegos e ameixas.
  • Arroz integral, trigo integral e outros cereais integrais.
  • Leite, preferencialmente o magro, ideal para absorção mais rápida.
  • Iogurte, queijo, salmão e outros alimentos ricos em cálcio.
  • Carnes, que além de conter proteínas, são ricas na quantidade de ferro.
  • Água, hidrate- se bastante durante todo o período em que estiver amamentando.

Quando e como consumir?

  • Frutas: pelo menos três ao dia
  • Legumes e verduras: no almoço e no jantar
  • Peixe: bem cozido em uma das refeições principais
  • Arroz, batata e massas: menos da metade do prato em uma das refeições principais
  • Laticínios: 3 doses de consumo por dia
  • Carboidrato (cereais, torradas, pães): consumir pequenas quantidades nos lanches
  • Água: 4 litros por dia para ajudar na produção do leite (2 litros em líquido e 2 litros em alimentos e sucos)

A produção de leite materno obriga o seu organismo a consumir muita água para desenvolver esse alimento para o bebê. Por esse motivo, a ingestão de água é muito importante no período pós-parto. Além de garantir a hidratação do seu próprio organismo, se você aumenta o consumo de água diariamente também ajuda a aumentar a produção do leite.

  • Reforce o consumo de alimentos fonte de cálcio e ferro

Dois nutrientes são extremamente importantes para a saúde da mãe e do bebê nesse período pós-parto: o ferro e o cálcio. O ferro é essencial para a formação de células sanguíneas, evitando quadros de anemia na mulher e, consequentemente, no bebê. O cálcio, por sua vez, participa ativamente da formação e manutenção dos ossos nos organismos adultos e jovens.

Na alimentação pós-parto, deve-se valorizar o consumo de alimentos fonte de cálcio, como o leite, queijo e outros laticínios, assim como vegetais de coloração verde escura, que são ricos nesse nutriente. O ferro, por sua vez, pode ser encontrado em produtos de origem animal, como as carnes de frango, o peixe e pedaços magros de carne vermelha.

As orientações para uma boa alimentação pós-parto não se diferem muito daquelas repassadas para qualquer um que quer manter uma vida mais saudável. A atenção a pequenos detalhes, como a ingestão de certos nutrientes ou evitar o consumo de alimentos industrializados, ajuda a fortalecer o valor nutricional da sua refeição e, por consequência, também do seu bebê.

É muito importante ressaltar que você deve consultar o seu obstetra ou outro médico que já esteja fazendo um acompanhamento da sua alimentação e da saúde do seu filho. Em caso de dúvidas e receios, não hesite em procurar pelo suporte profissional, que lhe dará, de acordo com sua necessidade, a melhor orientação.

Sobre o preparo dos alimentos, o ideal é que eles sejam assados ou cozidos. E é recomendado, por fim, que as mamães façam ao menos cinco refeições por dia (café da manhã, lanche da manhã, almoço, lanche da tarde e jantar).

Veja mais detalhes sobre Cisteina, clicando na imagem abaixo.

alimentação pós-parto - suplementação Eficácia300 mg – 60 cápsulas
A suplementação de Cisteina é muito importante para repor a carência deste aminoácido sintetizado pelo organismo, mas que nem sempre conseguimos obter somente na alimentação, principalmente em mulheres lactantes.

comprar

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Nenhum voto até o momento)
Loading...

Sobre Ellen Frazão

Meu nome é Ellen Frazão e promovo a boa nutrição. Trabalho com dietas, tratamentos para emagrecimento, reeducação alimentar, atividades físicas voltadas para melhoria do metabolismo, alimentação infantil e grupos especiais. Fique à vontade para fazer perguntas e postar seus comentários! Acesse meu Perfil no Google+. Sou uma personagem criada para representar a equipe farmacêutica e nutricionista da Farmácia Eficácia que criam, revisam e respondem por todos os artigos publicados no blog.