Qual diferença de Osteopenia e Osteoporose?

Depois de ler, avalie o artigo aqui:
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 4,50 de 5)
Loading...

Tempo de leitura: 5 minutos

Você sabe qual é a diferença entre Osteopenia e Osteoporose? Então vamos lá. A osteoporose é uma doença caracterizada pela perda de massa óssea corporal, gerando uma fraqueza nos ossos e, consequentemente, há um aumento no risco de fraturas. Já a osteopenia é uma espécie de alerta que indica que existe uma perda dessa massa óssea corporal. A osteopenia pode ser diagnosticada através da desintometria óssea e quando não é tratada adequadamente pode levar a osteoporose.

A osteoperose é uma doença silenciosa e, os especialistas, costumam descobri-la após uma fratura, por exemplo. Entre os procedimentos para a prevenção estão: alimentação balanceada (rica em cálcio), atividades físicas regulares e a exposição ao sol.

O que é a osteopenia?

A osteopenia é caracterizada por perdas mais brandas de massa óssea já que os nossos ossos estão em constante renovação e possuem células encarregadas de absorver as partes envelhecidas (osteoclastos) e, outras, que têm a função de produzir novos ossos (osteoblastos). Esse procedimento é constante, porém, à medida que vamos envelhecendo acontece um desequilíbrio natural na formação e na reabsorção óssea, ou seja, a absorção das células velhas aumenta e a formação de novas células diminui e, isso faz com que os nossos ossos fiquem mais frágeis e porosos, aumentando, assim, o risco de fraturas.

Mas, o que pode causar a osteopenia?

Muitos fatores podem contribuir para a má formação dos ossos, principalmente:

  • Fatores genéticos
  • Consumo em excesso de álcool e tabaco
  • Idade avançada
  • Desnutrição
  • Baixa exposição à luz solar
  • Sedentarismo
  • Queda na produção hormonal
  • Uso prolongado de alguns medicamentos (como os que são à base de cortisona, heparina e aqueles que são usados para o tratamento da epilepsia)
  • Uma alimentação desbalanceada

E quais são os sintomas mais comuns da osteopenia?

A osteopenia é uma doença silenciosa, ou seja, normalmente ela é assintomática. E quando os sintomas começam a surgir, os casos já evoluíram para uma osteoporose. Por isso, previna-se.

Como?

Adotando uma dieta saudável e balanceada com a ingestão de cálcio e vitamina D; tome sol e faça atividades físicas regularmente. E, se o diagnóstico for confirmado. Procure um médico para que o tratamento adequado seja iniciado.

Existe algum tipo de tratamento para a osteopenia?

A osteopenia, geralmente, atinge mulheres, de pele branca, magras e de baixa estatura. E o objetivo do tratamento é evitar que o tecido ósseo se degrade e que o paciente tenha uma osteoporose e pode ser feito através do uso de medicação que induz o aumento da absorção do cálcio, além, claro, da suplementação de cálcio e vitamina D.

Mas, o principal tratamento é a prevenção. E para prevenir a osteopenia você já sabe o que fazer.

Como prevenir a osteoporose?

A primeira coisa que você deve fazer para prevenir a osteoporose é ter uma dieta balanceada e rica em cálcio, especialmente na infância, adolescência e terceira idade. A fonte mais divulgada de cálcio são o leite e seus derivados, mas as verduras, especialmente, as de folhas verde escura são extremamente ricas em cálcio, assim como peixes, leguminosas e frutas oleaginosas. O cálcio pode ser inferido através de cápsulas, principalmente, em casos de pessoas muito idosas e magras.

O metabolismo do cálcio é influenciado por uma série de nutrientes, principalmente,  vitamina D. Por isso, inclua, sempre, em sua dieta alimentos ricos em vitamina D. E não se esqueça de tomar sol, ele também é uma fonte importante de vitamina D.

As proteínas também são importantes, não importa se fonte é animal ou vegetal. Por outro lado, fique atento, porque a ingestão excessiva de sal de cozinha diminui a absorção de cálcio no intestino, especialmente em mulheres após a menopausa.

Alguns acreditavam que os cereais contribuíam para a osteoporose. Mas, hoje, sabemos que isso não é verdade. Já que os cereais reduzem a absorção de cálcio no intestino e ao mesmo tempo reduzem a perda de cálcio através da urina. Portanto, eles não previnem e nem provocam a osteoporose.

O consumo de álcool em grandes quantidades pode aumentar o risco de fraturas, portanto, evite consumir bebidas alcoólicas.

O consumo de café aumenta o risco de osteoporose, principalmente, se a pessoa tiver uma dieta pobre em cálcio. O tabaco também está na lista dos vilões e ainda contribui para uma série de doenças.

Enfim, se exercite com regularidade. A atividade física é um dos grandes benefícios, independente da faixa etária. Nos adolescentes, por exemplo, o exercício físico aumenta a resistência do esqueleto e nos idosos diminui a fragilidade ou o enfraquecimento dos ossos. As atividades físicas mais indicas no combate à osteoporose são aquelas que envolvem a musculação, natação e hidroginástica. Mas, exercícios aeróbicos, como caminhar e dançar, também, ajudam.

Conheça o produto Remédio para Osteoporose, clicando na imagem abaixo.

Osteopenia e Osteoporose120 cápsulas
Remédio para Osteoporose é a base de Carbonato de Cálcio, que auxilia na reposição do Cálcio, um mineral de grande importância no funcionamento dos ossos, músculos, nervos e dentes.

comprar

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 4,50 de 5)
Loading...

Sobre Ellen Frazão

Meu nome é Ellen Frazão e promovo a boa nutrição. Trabalho com dietas, tratamentos para emagrecimento, reeducação alimentar, atividades físicas voltadas para melhoria do metabolismo, alimentação infantil e grupos especiais. Fique à vontade para fazer perguntas e postar seus comentários! Acesse meu Perfil no Google+. Sou uma personagem criada para representar a equipe farmacêutica e nutricionista da Farmácia Eficácia que criam, revisam e respondem por todos os artigos publicados no blog.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments