Psoríase no couro cabeludo: o que é e tem cura?

Depois de ler, avalie o artigo aqui:
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Nenhum voto até o momento)
Loading...

Tempo de leitura: 6 minutos

A psoríase é uma doença crônica, autoimune (o organismo ataca ele mesmo), não contagiosa e que pode ser recorrente, inflamatória que pode afetar a pele, articulações, cotovelos, joelhos, pés, mãos, unhas e região genital. Ainda está em andamento a investigação sobre suas causas. O que se sabe é que o sistema imunológico é ativado por engano fazendo com que haja excesso de produção de células da pele. Essas células da pele que se acumularam muito rapidamente sobre sua superfície formam relevos, placas (manchas escamosas). Estas placas por vezes provocam dor e podem coçar. As lesões de psoríase podem ocorrer em qualquer parte do corpo, mas, geralmente, aparecem no couro cabeludo.

Nem todas as pessoas são afetadas pelos sintomas da psoríase no couro cabeludo, mas para as que são afetadas, a psoríase é uma condição incapacitante e muito embaraçosa, pois afeta suas interações sociais e seu estilo de vida.

O que é a psoríase no couro cabeludo?

São lesões de tamanhos variados, delimitadas e avermelhadas (placas) de espessura variável em tamanho e cobertas com escamas secas e prateadas, em geral com cascas esbranquiçadas, que se localizam junto a raiz dos cabelos e são denominadas psoríase vulgar ou em placas.

A doença se desenvolve entre 15 – 20 anos ou mais tarde, entre 50 – 60 anos. Cerca de 75% dos pacientes são afetados antes dos 40 anos.

A psoríase é uma doença inflamatória da pele, crônica, não contagiosa, multigênica (vários genes envolvidos), com incidência genética em cerca de 30% dos casos. Por ser uma doença crônica, ao se manifestar, precisa ser tratada pela vida toda.

Sintomas da psoríase no couro cabeludo

Os sintomas variam de paciente para paciente, mas podem incluir:

  • Manchas vermelhas que apresentam escamas secas esbranquiçadas ou prateadas;
  • Coceira, queimação e dor;
  • Surgem áreas avermelhadas com escamas branco-prateadas, principalmente após coçar. O paciente pode perceber os flocos de pele morta em seus cabelos ou em seus ombros, geralmente após coçar o couro cabeludo. Assemelha-se à caspa. Psoríase e caspa são condições comuns que afetam o couro cabeludo e apresentam sintomas bem semelhantes como, por exemplo, coceira, vermelhidão e escamação. Veja como você pode fazer a distinção entre estas duas condições através do exame visual:

Psoríase do couro cabeludo      Caspa

Maior                                             Menos

Mais caspa                                    Mais fina

Mais espessa                               Coloração amarelada ou esbranquiçada

Muitas                                           Em pó, como farinha

  • Queda de cabelos – a psoríase no couro cabeludo pode estar relacionada à queda de cabelos, pois é uma doença inflamatória do couro cabeludo que faz com que o folículo capilar (que é a raiz do cabelo), se solte. É importante que se saiba também que esta queda de cabelos é um quadro temporário ocasionado pela psoríase e ao realizar o tratamento adequado e com acompanhamento de um médico dermatologista, o quadro da queda de cabelos pode ser revertido.

 

Cuidados e tratamentos para psoríase

Há diversos tipos de tratamento para psoríase, mas todos têm pelo menos um dos seguintes objetivos:

  • Conter a inflamação e formação das placas, fazendo com que as células da pele parem de crescer tão rapidamente.
  • Regular e normalizar a aparência da pele.

O tratamento para psoríase no couro cabeludo da Eficácia – Farmácia de Manipulação – é o produto natural ideal para o controle da resposta inflamatória no couro cabeludo. É um tratamento à base de Prostaquinon (fitocomplexo natural), derivado do óleo essencial das sementes da planta Nigella sativa L., que oferece o princípio ativo timoquinona, que se destaca pelas suas propriedades anti-inflamatórias.

Estudos com o extrato do óleo de Nigella sativa L. têm demonstrado atividade antioxidante, antitumoral e anti-inflamatória para diversos tipos de doenças.

Além de exercer atividade anti-inflamatória e antioxidante, neutraliza a miniaturização folicular, promovendo aumento da espessura e densidade do fio. Proporciona facilidade de aplicação, boa espalhabilidade e absorção instantânea no couro cabeludo, otimizando seus resultados. Sua composição é a base de Ácido Salicílico 1%, Prostaquinon 2,5% e Solução capilar 50 ml. Mais informações sobre o produto vide site: https//www.farmaciaeficacia.com.br/tratamento-para-psoríase-no-couro-cabeludo.

Recomendações

  • Hidrate muito bem a pele para evitar seu ressecamento excessivo que favorece a possibilidade de desenvolver lesões;
  • Exponha-se com cuidado e moderadamente ao sol. Tomar sol não só é permitido como é recomendado para pacientes com psoríase, mas, é claro, com alguns cuidados. O primeiro deles é em relação ao horário de exposição, que deve ser até as 10h ou após as 16h. Outro cuidado é a duração da exposição. Cerca de 10 minutos já são suficientes para aproveitar o efeito anti-inflamatório do sol. Converse com o seu médico sobre o uso de filtros solares ou passe um creme hidratante ou terapêutico. Você vai ter que usá-lo a vida inteira.
  • Evite a ingestão de bebidas alcoólicas;
  • Procure não se desgastar emocionalmente. O estresse tem papel importante no aparecimento das lesões. Como não é uma tarefa fácil, procure ajuda de um profissional se considerar necessário;
  • Não fuja de encontros sociais e de lazer por causa das lesões. Psoríase não é contagiosa e, se você se afastar de tudo e de todos, pode comprometer o estado emocional e aumentar o problema;
  • Visite regularmente o dermatologista e siga à risca suas orientações. Isso o ajudará a controlar as crises.

Psoríase tem cura?

Por ser uma doença crônica, a psoríase pode ser controlada com tratamento. Entretanto, os sintomas podem desaparecer por algum tempo e depois retornar. Não se pode prever com certeza quando as crises irão se manifestar, porque a psoríase passa por ciclos, ao que tudo indica aleatórios, de melhora e piora dos sintomas. A hidratação da pele ajuda a aliviar os sintomas, mas a abordagem terapêutica precisa ser direcionada para cada tipo e intensidade do quadro de psoríase.

Os efeitos do tratamento variam de pessoa para pessoa, ou seja, algumas podem obter resultados imediatos com a primeira opção terapêutica, enquanto outras precisam persistir na busca para encontrar um tratamento eficaz. A pele também pode ficar mais resistente com o passar do tempo, sendo inevitável a mudança de doses ou abordagem. Além de tudo isso, a maioria dos tratamentos pode apresentar efeitos colaterais significativos, então é importante conversar com seu médico se surgirem novos sintomas ou caso aconteça mudanças na pele.

Manter a psoríase controlada impede que as pessoas se sintam estigmatizadas, evitando a evasão social, o isolamento, a depressão, a diminuição nas habilidades de enfrentamento da doença, a baixa qualidade de vida e baixa autoestima.

Veja mais detalhes sobre Tratamento para psoríase no couro cabeludo, clicando na imagem abaixo.

psoriase50 ml
Tratamento para psoríase no couro cabeludo é o produto ideal para ajudar no tratamento da psoríase, devido sua ação de agir prevenindo a resposta inflamatória.

 

comprar

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Nenhum voto até o momento)
Loading...

Sobre Ellen Frazão

Meu nome é Ellen Frazão e promovo a boa nutrição. Trabalho com dietas, tratamentos para emagrecimento, reeducação alimentar, atividades físicas voltadas para melhoria do metabolismo, alimentação infantil e grupos especiais. Fique à vontade para fazer perguntas e postar seus comentários! Acesse meu Perfil no Google+. Sou uma personagem criada para representar a equipe farmacêutica e nutricionista da Farmácia Eficácia que criam, revisam e respondem por todos os artigos publicados no blog.