Infecção Urinária na gravidez: como aliviar os sintomas

Depois de ler, avalie o artigo aqui:
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Nenhum voto até o momento)
Loading...

Tempo de leitura: 4 minutos

A Infecção Urinária ou Infecção do Trato Urinário (ITU) pode ocorrer em todas as partes que compõem o sistema urinário,como por exemplo rins, bexiga, ureteres e uretra. Cerca de 30% das mulheres ao longo de sua vida, provavelmente vão apresentar um quadro de infecção urinária, pois as mulheres são mais propícias a apresentarem os sintomas da doença devido à sua anatomia.

A infecção urinária e a gravidez

A doença é tão comum na gravidez quanto nos períodos em que a mulher não está em período de gestação, porém esse tipo de infecção pode ser mais recorrente em mulheres grávidas. Além disso, existe o risco maior da mulher contrair com mais regularidade a pelionefrite, que é uma infecção renal aguda devido às alterações fisiológicas que ocorrem nas vias urinárias durante o período gestacional.

Os sintomas relacionados à ITU nas mulheres gestantes são: dores no baixo ventre que podem vir acompanhadas ou não de dores para urinar. E as complicações relacionadas à pelionefrite podem incluir anemia, sepse e dificuldade para respirar.

O tratamento adequado deve ser avaliado por um obstetra para que nem a gestante e nem o feto corram nenhum tipo de risco.

As causas, os tipos e os sintomas da doença estão relacionados com o tipo e o local onde ocorre a infecção.

A cistite – infecção bacteriana que ocorre na bexiga ou trato urinário inferior. Muitas vezes, ocorre devido à presença de uma bactéria advinda do sistema gastrointestinal denominada Escherichia coli. A relação sexual, também, pode ser uma das responsáveis pela cistite, porém, você não precisa ser uma pessoal sexualmente ativa para contraí-la. Todas as mulheres podem desenvolver um quadro de cistite devido à sua anatomia.

Uretrite – é a infecção ou inflamação do canal da uretra que é o responsável por transportar a urina da bexiga para fora do nosso corpo. A uretrite é proveniente de bactérias advindas do sistema gastrointestinal, mas devido ao fato da uretra na anatomia feminina estar mais próxima da região vaginal, algumas infecções, por exemplo, gonorreia, herpes e clamídia podem levar a um quadro de uretrite.

Pielonefrite – geralmente, essa infecção começa na bexiga ou na uretra e acaba atingindo os dois rins e se não for tratada rapidamente e de forma adequada pode causar danos permanentes aos rins ou mesmo ser fatal.

Infecção nos ureteres – infecção dos canais que levam a urina dos rins até à bexiga.

Causas da infecção urinária

As infecções do sistema urinário, geralmente, acontecem quando as bactérias que invadem esse sistema através da uretra passam a se multiplicar rapidamente na bexiga. 

Nesse caso, existem alguns fatores que os especialistas da área da saúde consideram de risco, por exemplo, nas mulheres o caminho que a bactéria precisa percorrer para chegar até à bexiga é menor, pois a uretra feminina é menor que a masculina; vida sexualmente ativa é um dos fatores que facilita a contaminação; o uso de alguns tipos de contraceptivos pode ajudar na proliferação das bactérias; a menopausa; quando o paciente apresenta algum tipo de bloqueio no trato urinário; ter um sistema imune deficiente e o uso de cateter para urinar também aumenta o risco de contaminação.

Sintomas mais comuns: ardência ao urinar; constante vontade de urinar; urina com uma coloração diferente; urina acompanhada de sangue; urina com odor forte; dor pélvica; dor no reto; aumento da frequência de micções; incontinência urinária. Os sintomas podem variar de acordo com o tipo e o grau da infecção.

Quais os exames são feitos para o diagnóstico preciso: exame de urina; cultura de urina; exames de imagem e cistoscopia.

Qual o tratamento?

O tratamento vai variar de paciente para paciente de acordo com o tipo de infecção e com a gravidade e os sintomas relatados pelo indivíduo. Geralmente, os médicos prescrevem antibióticos e analgésicos.

Para evitar e aliviar os sintomas da doença:

  • Beba bastante água e muito líquido, sempre.
  • Faça atividade física regularmente.
  • Vá ao banheiro sempre que tiver vontade.
  • Use e abuse do suco de cranberry.
  • Faça uso constante dos probióticos.
  • Ingira, constantemente, alimentos ricos em Vitamina C.
  • Corte os alimentos que causam irritação, como, café, chocolates, chás e refrigerantes.
  • Use o calor para aliviar a dor.
  • Faça banhos de assento.
  • Se beneficie com a homeopatia.

Se mesmo assim as infecções continuarem recorrentes procure um especialista para que ele possa te ajudar e te orientar da melhor forma possível.

Veja mais detalhes sobre Prevenção da Infecção Urinária, clicando na imagem abaixo.

infecção urinária60 cápsulas
Dê adeus as incomodas infecções urinárias de vez! A Fórmula para prevenção da infecção urinária conta com dois ativos exclusivos, que agem protegendo o organismo contra a ação de bácterias nocivas a saúde.

comprar

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Nenhum voto até o momento)
Loading...

Sobre Ellen Frazão

Meu nome é Ellen Frazão e promovo a boa nutrição. Trabalho com dietas, tratamentos para emagrecimento, reeducação alimentar, atividades físicas voltadas para melhoria do metabolismo, alimentação infantil e grupos especiais. Fique à vontade para fazer perguntas e postar seus comentários! Acesse meu Perfil no Google+. Sou uma personagem criada para representar a equipe farmacêutica e nutricionista da Farmácia Eficácia que criam, revisam e respondem por todos os artigos publicados no blog.