Entenda sobre a desidratação no organismo

Depois de ler, avalie o artigo aqui:
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Nenhum voto até o momento)
Loading...

Tempo de leitura: 2 minutos

Considerado banal, por muitas pessoas, a falta de ingestão de líquido pode causar grande problema de desidratação no organismo. Acha que é exagero? Então veja a seguir o temos para contar sobre o assunto!

A desidratação é uma condição clínica caracterizada pela baixa concentração de água, sais minerais e líquidos orgânicos no corpo. É considerado um quadro potencialmente grave, uma vez que estes fluidos são fundamentais para organização de reações químicas.

Ocorre quando o corpo perde ou utiliza uma quantidade maior do que ingere, ultrapassando a normalidade e desencadeando o processo de desidratação. E, consequentemente, gerar alguns sintomas desagradáveis e causar grande dificuldade de exercer diversas funções corporais.

É uma condição bem comum em idosos e crianças, grupos que possuem o sistema imunológico pouco fortalecido. E tende a ser mais freqüente em determinadas épocas do ano, como no verão.  

Quando não é corretamente tratado, pode evoluir para um quadro mais grave e até levar à morte.

O que pode causar desidratação do organismo

A ingestão insuficiente de líquido é a principal causa de desidratação. Entretanto, diversos outros fatores podem levar a perda de fluidos rápido e contínuo:

  • urinar em excesso;
  • vomito e diarréia;
  • febre;
  • suor em excesso;
  • capacidade diminuída para ingerir líquidos;
  • queimaduras ou feridas na boca;
  • doenças de pele graves;
  • infecções por vírus ou bactérias.

É fundamental ficar atento aos sinais que o corpo dá quando alguma coisa não está indo bem. E essencial manter hábitos de vida mais saudáveis.

Principais sintomas da desidratação

São sinais comuns da desidratação do organismo:

  • boca seca e pegajosa;
  • sede exagerada;
  • urina escura ou pouco freqüente;
  • ausência ou pouca produção de lágrimas;
  • diminuição da sudorese;
  • dor de cabeça;
  • cansaço e sonolência;
  • tontura e fraqueza;
  • dor de cabeça;
  • prisão de ventre.

Quando em estado mais severo, a desidratação do corpo pode causar:

  • boca e pele muito secas;
  • pouca ou nenhuma micção;
  • olhos fundos;
  • pele seca e murcha, que não retorna ao normal depois de ser beliscada;
  • baixa pressão arterial;
  • aumento da frequência cardíaca;
  • respiração rápida;
  • delírio ou inconsciência.

Tratamento para desidratação no organismo

A desidratação é uma condição que tem cura, e deve ser tratada o mais breve possível para evitar complicações graves nos órgãos.

Veja algumas dicas:

  • ingerir mais líquidos durante o dia;
  • consumir bebidas isotônicas;
  • tomar picolés de suco natural de frutas ou bebidas isotônica;
  • chupar cubos de gelo;
  • evitar ficar exposto ao sol por muito tempo.

Desidratação no organismo não é brincadeira. Por isso, nunca e demais repetir que é preciso ingerir bastante água diariamente.

Cuide bem da sua saúde. Beba água!

Veja mais detalhes sobre Cápsulas 3 ervas diuréticas, clicando na imagem abaixo.

desidratação120 Cápsulas
“Esta fórmula sugerida, pela Farmácia Eficácia, tem como principal objetivo a ação diurética, portanto contribuindo para auxiliar nos regimes de emagrecimento.” Farmacêutica Paula Silva.

comprar

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Nenhum voto até o momento)
Loading...

Sobre Ellen Frazão

Meu nome é Ellen Frazão e promovo a boa nutrição. Trabalho com dietas, tratamentos para emagrecimento, reeducação alimentar, atividades físicas voltadas para melhoria do metabolismo, alimentação infantil e grupos especiais. Fique à vontade para fazer perguntas e postar seus comentários! Acesse meu Perfil no Google+. Sou uma personagem criada para representar a equipe farmacêutica e nutricionista da Farmácia Eficácia que criam, revisam e respondem por todos os artigos publicados no blog.