Dicas para emagrecer sem exercícios físicos

Depois de ler, avalie o artigo aqui:
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Nenhum voto até o momento)
Loading...

Tempo de leitura: 11 minutos

Quer perder peso sem praticar exercícios físicos? Isso é possível com a reeducação alimenta! 

A reeducação é feita por meio do consumo de alimentos saudáveis como frutas, verduras, legumes e alimentos integrais. Isso inclui também comer a cada três horas, em quantidades adequadas.

Durante o processo de perda de peso, beber água é muito importante, pois ela hidrata o corpo e evita o acúmulo de líquido no organismo. Por este motivo é necessário que a pessoa consuma em média oito copos durante o dia.

Emagrecer sem exercícios físicos: os passos para uma alimentação saudável 

1. Faça ao menos três refeições, café da manhã, almoço e jantar e dois lanches saudáveis diariamente. Não pule as refeições!

2. Prefira ingerir grãos integrais e alimentos na sua forma mais natural.

3. Consuma verduras e legumes como parte das refeições e frutas na sobremesa e lanches.

4. Coma arroz e feijão diariamente ou, pelo menos, cinco vezes por semana. Esse prato brasileiro é uma combinação completa de proteínas necessárias à saúde.

5. Consuma todos os dias carnes, aves, peixes ou ovos e também o leite e seus derivados. A propósito, retire a gordura aparente das carnes e a pele das aves antes de prepara-las. Desse jeito você torna esses alimentos mais saudáveis.

6. Consuma, sem exagerar, uma porção diária de óleos vegetais, azeite, manteiga ou margarida. Verifique atentamente os rótulos dos alimentos e escolha aqueles com menores quantidades de gorduras trans.

7. Evite refrigerantes e sucos industrializados, bolos, biscoitos doces e recheados, sobremesas e outras guloseimas.

8. Reduza a quantidade de sal na comida. Escolha não consumir alimentos industrializados que contém muito sal, como hambúrguer, salsicha, linguiça, presunto, salgadinhos, conservas de vegetais, sopas, molhos e temperos prontos.

9. Beba pelo menos dois litros de água por dia.

10. Evite as bebidas alcoólicas e o fumo.

11- Faça um diário alimentar e registre nele toda comida e bebida que consome nas refeições principais e entre elas. Isso permite uma melhor consciência das suas escolhas e do que pode ser trocado ou reduzido.

12- É preciso estar 100% focado na mudança e saber que ela só depende de você.

13- Criar o hábito de levar comida para o trabalho pode ser uma tarefa difícil. Mas vale a pena. Assim, você controla a quantidade de sal e gordura usados no preparo, assim como o tamanho da porção ingerida.

14- Não basta a comida estar saborosa. É necessário também que a atmosfera em que você come seja agradável. Isso reflete em mais calma na hora das refeições e controle diante do prato.

Dieta ou exercício – o que é mais importante para perder peso? 

Comparando os dois, é mais fácil perder peso por meio da alimentação. Eliminar calorias é muito mais fácil do que queimá-las.

Se a rotina é muito apertada ou a preguiça excessivamente grande, a tentação de descansar, ao invés de ir para a academia malhar, costuma falar mais alto. 

Afinal, é possível emagrecer sem exercícios físicos? 

É possível emagrecer sem fazer exercícios físicos. No entanto, a perda de peso terá um preço.

1- Prejuízos causados pelo emagrecimento só com dieta 

Quando uma pessoa pretende emagrecer e faz exercícios além da dieta, a massa muscular conserva-se intacta ou sofre pequenas perdas, pois é assegurada pela atividade física, portanto, o que se perde é gordura. No entanto, para quem só faz dieta, os músculos podem diminuir substancialmente e, nesse caso, o emagrecimento vem mais da sua perda que da eliminação de gordura.

Todas as células do corpo, exceto neurônios e hemácias, queimam gordura sob a forma de ácidos graxos e triglicérides. No entanto, somente as células dos músculos conseguem intensificar essa queima. Na realidade, quem tem a musculatura preservada, tem o metabolismo mais acelerado e queima calorias mesmo quando está parado, entretanto quem tem poucos músculos, tem o metabolismo mais lento e demora mais para queimar calorias.

2- Como emagrecer sem fazer exercícios? 

É necessário reduzir a quantidade de calorias ingeridas para que seu déficit calórico seja negativo, ou seja, gastar mais do que come. Sem a atividade física, a redução da quantidade de calorias ingeridas precisará ser bem mais significativa.

3- Calorias que se deve ingerir para emagrecer sem fazer exercício 

Quando se deseja emagrecer, a quantidade de calorias ingeridas deve estar sempre abaixo da quantidade de calorias que você gasta, que dependerá da idade, sexo, peso, metabolismo hormonal e constituição corporal. 

Os mitos e verdades sobre a prática de exercícios

Descubra o que é verdade e o que não passa de uma grande mentira na prática de exercícios.

Abdominais eliminam a gordura abdominal

A verdade é que esse tipo de exercício trabalha os músculos da região fortalecendo-os e tornando-os definidos. Contudo, para eliminar a gordura do corpo serão necessários exercícios aeróbicos, como a corrida, caminhada, futebol e dança. Mesmo que você faça mil abdominais por dia, isso não vai reduzir a gordura da barriga. Aliados aos exercícios aeróbicos, os abdominais ajudam no processo de troca de gordura por massa magra.

Musculação emagrece

Os exercícios aeróbicos são os mais indicados por queimar as gorduras. No entanto, praticar alguns minutos de treino de resistência e força, realizado com cargas leves e várias repetições, reduz o percentual de gordura no tecido adiposo e estimula o metabolismo basal. Isso faz com que o organismo permaneça em constante queima.

A queima de calorias tem início a partir dos 20 minutos de exercício

Se você corre por dez minutos, queimará a quantidade de calorias correspondentes ao tempo de exercício praticado. Qualquer atividade física gasta calorias, mas para emagrecer, este gasto precisa ser grande.

Você só consegue emagrecer malhando cinco vezes por semana

O ideal é que, ao longo da semana, você pratique cinco dias de exercícios e descanse dois, intercalando os dias de prática e descanso. Este intervalo entre os dias de prática é fundamental para que as pequenas lesões ocasionadas pelos treinos de força se recuperem. Mas, o volume e intensidade do treino devem variar de acordo com o objetivo a ser alcançado.

Suor e emagrecimento

Suor não significa que há queima de gordura! Sempre que a temperatura interna do corpo ultrapassa os 37 graus, o suor age como um mecanismo de refrigeração. Os vasos sanguíneos próximos à pele se dilatam e estimulam as glândulas sudoríparas a iniciarem o processo de transpiração para esfriarem o corpo. 

Enquanto faz atividade física, você perde água e sais minerais. Se você se pesar assim que terminar de fazer atividade física, perceberá que o ponteiro da balança caiu. Entretanto, basta hidratar o corpo que logo o peso volta ao normal. A dica é beber dois goles de água a cada 5 ou 10 minutos de atividade física. Além de sempre usar roupas leves.

Malhar em jejum emagrece

Ao acordar, normalmente a pessoa está oito horas sem comer e com a taxa de glicose bem baixa no sangue. Sem nenhum carboidrato estocado, o corpo opta por queimar a massa muscular. Por isso, praticar exercícios sem estar bem alimentado, faz com que a pessoa queime massa muscular sem perder gordura. Isso pode causar um desmaio. Antes de malhar, coma uma fonte de carboidrato leve: pão, suco, fruta. Espere aproximadamente duas horas e faça uma refeição mais completa, para repor o que foi perdido durante a malhação.

Sentir dor depois do exercício é sinal de que está funcionando

É normal o corpo ficar dolorido após os primeiros dias de treino. Porém, se as dores persistirem mesmo com o condicionamento físico, pode ser sinal de que você está pegando muito pesado. Evite exagerar na hora do exercício. Isso acaba ocasionando uma lesão por estresse.

É melhor fazer nada que ser atleta de final de semana

O atleta de final de semana está mais propenso a sofrer lesões ou até mesmo um ataque cardíaco por conta da falta de condicionamento físico. É possível praticar exercício durante os dias de folga sim, desde que haja certo cuidado. A sugestão é controlar a intensidade da prática. Não é correto ficar sem praticar exercícios durante a semana e abusar no sábado e domingo. Caminhar ou jogar futebol durante 20 minutos pode ser bom.

Músculos são mais pesados que gordura

É fato que os músculos pesam mais que gordura. Por isso, que algumas pessoas veem os ponteiros da balança subirem mesmo quando investem na malhação. Além de ficar atento ao seu peso, olhe também para seu condicionamento físico.

Pilates emagrece

A principal função da modalidade não é perder peso, mas sim proporcionar consciência corporal, postura e respiração. O trabalho cardiovascular é baixo, mas os exercícios praticados durante uma aula podem tonificar e contribuir para que a gordura corporal seja trocada por massa magra.

Natação ou balé

Apesar de muita gente defender que os exercícios sob a água sejam os mais eficientes para alcançar a boa forma, os dançarinos têm melhor condicionamento físico, força muscular, coordenação, equilíbrio.

Malhar 30 minutos por dia emagrece

Além de queimar calorias por meia hora, é preciso lembrar que é necessária uma alimentação balanceada.

Para a malhação fazer efeito, preciso sempre trocar de treino

Praticar uma série de exercícios criada com um objetivo claro, deve ser mantida, não precisa ser mudada. O que muda é que com o condicionamento físico adquirido, talvez a pessoa queira variar os exercícios ou torna-los mais intensos.

Malhação inclui suplementação

Nem todas as pessoas que malham precisam ingerir suplementos alimentares. Há pessoas que conseguem repor o que foi perdido ao longo da malhação através dos alimentos. E quem consome esses suplementos sem realmente precisar, corre o risco de ver a balança marcando alguns quilos a mais.

Quem malha pela manhã tem melhores resultados

Cada pessoa tem o seu horário preferido para praticar exercícios. O ideal são os horários mais frescos ao longo do dia: pela manhã ou começo da noite. Cada período tem suas vantagens e desvantagens e você deve avaliar quando se sente mais disposto.

Adaptação gradual

A mudança de hábito não precisa necessariamente ser abrupta. Gradualmente, a própria pessoa percebe os benefícios adquiridos. Comece a evitar os alimentos processados. Depois, vá reduzindo as gorduras saturadas, o açúcar, o sal e aquilo que achar que não é saudável. 

Se a pessoa tem alguma resistência à mudança, ela precisa de um processo mais adaptativo. Uma dica é ir diminuindo a quantidade daquilo que gosta de comer diariamente para perceber a mudança.

Para algumas pessoas, é mais fácil aceitar essa mudança fazendo uma adaptação gradual. Com o tempo ela vai sentir a melhora, visto que a alimentação saudável dá um retorno fantástico e traz um equilíbrio metabólico como um todo. A pele responde melhor, o intestino funciona perfeitamente, ganha-se mais tonicidade de músculo, disposição, ou seja, tudo fica em dia e você percebe que a saída é mesmo ter bons hábitos alimentares.

Veja mais detalhes sobre Morosil, clicando na imagem abaixo.

emagrecer sem exercícios físicos500mg 60 cáps + Cactin 500mg 60 cáps – KIT
O Kit de Morosil com Cactin é a perfeita combinação para as dietas de emagrecimento, uma vez que promove uma ação antioxidante, diurética, e de agir na diminuição da gordura acumulada nas células da pele.

comprar

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Nenhum voto até o momento)
Loading...

Sobre Ellen Frazão

Meu nome é Ellen Frazão e promovo a boa nutrição. Trabalho com dietas, tratamentos para emagrecimento, reeducação alimentar, atividades físicas voltadas para melhoria do metabolismo, alimentação infantil e grupos especiais. Fique à vontade para fazer perguntas e postar seus comentários! Acesse meu Perfil no Google+. Sou uma personagem criada para representar a equipe farmacêutica e nutricionista da Farmácia Eficácia que criam, revisam e respondem por todos os artigos publicados no blog.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments