Candida albicans – o que é, sintomas e tratamentos

Depois de ler, avalie o artigo aqui:
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Nenhum voto até o momento)
Loading...

Tempo de leitura: 4 minutos

A Candidíase é uma doença causada pelo fungo de Candida que, na maioria dos casos, afeta os órgãos genitais da mulher causando vermelhidão, dor e coceira. Mas, ela também pode se manifestar nos órgãos genitais masculinos, nas unhas, na garganta, na boca e no sangue.

Os diversos tipos de Cândida

  • Candidíase vaginal – é a forma mais comum de manifestação da cândida e ocorre em mulheres que estão com baixa imunidade ou com a flora vaginal em desequilíbrio.
  • Candidíase masculina – não é tão comum quanto a vaginal, ocorre no pênis e merece atenção especial quando o paciente se encontra doente. A diabetes e a higiene mal feita são os principais gatilhos para a doença.
  • Candidíase oral – caracteriza-se pela presença de um grande número de aftas na boca e muita dificuldade para deglutir (engolir). Pode aparecer em crianças, diabéticos, adultos após sexo oral desprotegido, idosos e pessoas com baixa imunidade.
  • Candidíase de Esôfago – também chamada de esofagite e é predominante em pacientes com déficit no sistema imune, portadores do vírus HIV e câncer.
  • Candidíase na pele – conhecida como intertrigo candidiásico e pode aparecer na pele sob forma de infecção sem que outros fatores estejam relacionados. Ocorre, principalmente, quando existe o atrito na pele e as feridas, geralmente, aparecem em lugares propícios para a proliferação de fungos e bactérias.
  • Candidíase invasiva – ocorre em especial nas pessoas que estão com baixa imunidade e pode receber vários nomes diferentes. Nesse caso, o fungo pode chegar à corrente sanguínea e acaba afetando qualquer órgão o que nos trás sérios problemas. 

Todo e qualquer problema que nosso organismo apresenta é um sinal de alerta de algo está errado. Em alguns momentos precisamos por o pé no freio, em outros praticar atividades físicas, em outros ficar quietinhos em casa lendo um bom livro. Enfim, o que vale é entender e respeitar os sinais de nosso corpo para que possamos corrigir o que está errado e dar a ele o que ele está nos pedindo para que nosso metabolismo ocorra sem complicações.

Causas da Candidíase

As cândidas, geralmente, são causadas pelo fungo Candida albicans. Porém, na mulher esse fungo já está presente em seu organismo e vive em perfeito equilíbrio com sua flora vaginal. 

  • Desequilíbrio da flora vaginal;
  • Desequilíbrio do sistema imune;
  • Estresse;
  • Umidade;
  • Calor;
  • Falta de higiene;
  • Sexo desprotegido;
  • Uso de alguns antibióticos;
  • Desequilíbrio dos níveis de estrogênio;
  • Consumo exagerado de doces e carboidratos;
  • Noites mal dormidas;
  • Desequilíbrio de vitaminas e minerais no organismo;
  • Gripes fortes;
  • Diabetes;
  • Uso de drogas.

Todo problema advém de uma causa. E a cândida também, por isso, é muito importante tomar alguns cuidados básicos para evitar algo simples que pode se agravar e nos levar à morte caso se torne algo invasivo e chegue à nossa corrente sanguínea. Portanto, fique atento aos sintomas e procure um médico caso perceba algo estranho.

Sintomas mais comuns para cada tipo de Candidíase

  • Vaginal – coceira, dor, vermelhidão, corrimento e relações sexuais dolorosas.
  • Peniana – coceira, ardência e inchaço na ponta do pênis; incômodo durante a relação sexual, ardor ao urinar, feridas na região peniana e corrimento.
  • Oral – vermelhidão, ardência, desconforto, dor e dificuldade para engolir, manchas esbranquiçadas dentro da boca e na língua e rachaduras localizadas no canto da boca.
  • Esôfago – dor no peito e ao engolir, enjoo e vômito, dor na região do abdômen e falta de apetite.
  • Pele – vermelhidão nas regiões onde as dobras se localizam, descamação, coceira e queimação, saída de líquidos nas lesões.
  • Invasiva – febre, urina escura, dores de cabeça, vômito e inflamação das articulações.

Prevenir é bem melhor do que remediar, como diz o velho ditado e nada melhor que a sabedoria popular para nos ajudar na maioria dos casos. Quando se trata da cândida procure evitar

  • Estresse;
  • Relação sexual sem proteção;
  • Usar roupas molhadas e úmidas;
  • Umidade na região das dobras.

Mas, se alguns desses sintomas aparecerem, principalmente, em relação à cândida vaginal e você preferir um tratamento homeopático, seguro, saudável e sem nenhuma contraindicação pode usar o manipulado da Farmácia Eficácia sem medo de errar. Pois, o Glóbulos de Cândida Albicans trata o desequilíbrio da flora vaginal sem nenhum efeito colateral, por ser um homeopático que promove o equilíbrio orgânico tratando a candidíase vaginal de forma natural.

Veja mais detalhes sobre CÂNDIDA ALBICANS, clicando na imagem abaixo.

cândidaGlóbulos
’Os glóbulos de Cândida Albicans é muito indicado tratar a candidíase vaginal, pois combate o crescimento dos fungos e bactérias causadores de infecções.’’ Farmacêutica Neila Mara

comprar

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Nenhum voto até o momento)
Loading...

Sobre Ellen Frazão

Meu nome é Ellen Frazão e promovo a boa nutrição. Trabalho com dietas, tratamentos para emagrecimento, reeducação alimentar, atividades físicas voltadas para melhoria do metabolismo, alimentação infantil e grupos especiais. Fique à vontade para fazer perguntas e postar seus comentários! Acesse meu Perfil no Google+. Sou uma personagem criada para representar a equipe farmacêutica e nutricionista da Farmácia Eficácia que criam, revisam e respondem por todos os artigos publicados no blog.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments