16 benefícios do gengibre para a saúde

Depois de ler, avalie o artigo aqui:
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Nenhum voto até o momento)
Loading...

Tempo de leitura: 9 minutos

Rico em vitamina B6, potássio, cobre e magnésio, o gengibre é muito benéfico à saúde. O importante é consumir uma colher de sopa por dia desse alimento que por sua ação termogênica ajuda a acelerar o metabolismo, o que contribui para o emagrecimento.

O que é gengibre?

O gengibre é uma erva rizomática, ou planta herbácea, de origem asiática. Tem um sabor picante e seu cheiro é bem forte. É considerado, por esses fatores, uma planta quente.

Tem ações antioxidantes e anti-inflamatórias e é recomendado para quem sofre de refluxo.

No Brasil, o gengibre chegou menos de um século após o descobrimento. Hoje, ele é cultivado principalmente na faixa litorânea do Espírito Santo, Santa Catarina, Paraná e no sul de São Paulo, em razão do clima e de solo serem mais adequados.

Utiliza-se do gengibre seu rizoma, raiz e folhas. É considerado uma especiaria, estando presente em vários pratos, na fabricação de xaropes e doces. Pode ser encontrado em vários tipos, como raiz, em pó, fresca, seca, em cápsulas, xaropes e outros produtos farmacêuticos.

Conheça os 16 benefícios principais atribuídos ao gengibre:

1-Ameniza cólicas menstruais

Por ser anti-inflamatório e analgésico, o gengibre pode ser utilizado para amenizar as dores menstruais, que podem surgir durante ou antes do período menstrual. Nesses casos, o indicado é consumir o gengibre como chá.

2- É antioxidante

Devido a sua ação antioxidante, o gengibre ajuda a combater os radicais livres, que em excesso podem provocar várias doenças.

Eles podem levar à oxidação de células saudáveis, como lipídios, proteínas e o DNA. Esse ataque às células saudáveis de nosso organismo leva à destruição dos ácidos graxos poli-insaturados, que fazem parte das membranas celulares, processo denominado de peroxidação lipídica.

Sobretudo, os radicais livres acabam atacando as células boas de nosso organismo por tentarem se reestabelecer. Dessa forma, o gengibre se torna uma forma de prevenir que todo esse processo aconteça.

Por ser antioxidante, ajuda a prevenir o nosso organismo de envelhecimento precoce das células, gripes, resfriados e alguns tipos de câncer.

Algumas doenças crônicas e degenerativas estão relacionadas a esse processo causado pelos radicais livres, são elas:

  • Obesidade;
  • Diabetes;
  • Hipertensão;
  • Mal de Alzheimer;
  • Mal de Parkinson.

3- Tem ação anti-inflamatória

O gengibre é visto como uma planta medicinal e muito se deve ao seu intenso poder anti-inflamatório. É utilizado como um tratamento alternativo a sintomas de artrite, dores musculares e doenças respiratórios, como bronquiteasma e tosse.

4- Ameniza náuseas provocadas pela quimioterapia

Pacientes afetados por algum tipo de câncer, que estão em tratamento de quimioterapia, podem encontrar no gengibre um auxílio para as náuseas provocadas por este procedimento. Os resultados são muito positivos.

Por ser uma planta medicinal muito benéfica para reduzir enjoos e por ser vantajoso ao sistema digestivo, é uma forma natural de tornar a vida dessas pessoas, minimamente, mais confortável.

5- Melhora a circulação

O gengibre, por ser anticoagulante, contribui para uma melhor circulação do sangue, além de reduzir a pressão arterial e diminuir os riscos de doenças cardiovasculares.

Por isso, é benéfico para as áreas periféricas como cérebro, mãos e pés.

Além disso, ajuda também a diminuir doenças relacionadas a má circulação como trombose, dormência, câimbras, varizes e perda de memória.

6- Aumenta a imunidade

O gengibre melhora a imunidade. Por ser anti-inflamatório, analgésico e outros benefícios, contribui para que nosso organismo se torne mais forte e previne doenças como gripes e resfriados.

7- Reduz enjoos e alivia problemas digestivos

O gengibre ajuda a aliviar enjoos de gravidez e é também utilizado, por exemplo, por pessoas que sentem este desconforto em viagens aéreas.

Também é utilizado em aromaterapia, em forma de óleo essencial. Nesse caso, desempenha função contra distúrbios digestivos, como flatulência e diarreia.

8- Previne o câncer colorretal

O câncer colorretal, ou câncer de cólon, pode ser prevenido com o uso de gengibre devido ao gingerol, substância que dá ao gengibre o seu sabor picante característico. Esse tipo de câncer pode acometer homens e/ou mulheres, por isso o gengibre pode ser cogitado em ambos os casos.

9- Ajuda a combater a celulite

O gengibre, por ser anti-inflamatório, pode ser um aliado para combater às celulites. Essas marquinhas, apesar de comuns, costumam ser bem desagradáveis e incomodar bastantes muitas mulheres. 

10- Previne o Mal de Alzheimer e outras doenças cognitivas

Doenças cognitivas e degenerativas, como o Mal de Alzheimer, estão associados a alguns fatores como estresse oxidativo e inflamações crônicas, que contribuem para o processo de envelhecimento.

Os antioxidantes e bioativos presentes no gengibre têm ação inibidora de inflamações que acometem o cérebro.

Ele também é benéfico para melhorar funções cerebrais, como a cognição e a memória.

11- Reduz mau hálito e previne dor de dente

Mau hálito e dor de dente são condições nada agradáveis. Entre as formas de tratar esses problemas, existe o uso de gengibre. Por ser antibacteriano, anti-inflamatório e analgésico, contribui para aliviar as dores e odores ruins da região bucal.

Para isso, é possível mastigar a raiz crua, preparar infusão ou aplicar o gengibre como uma pasta na região em que está doendo. Além de aliviar a dor de dente, será um remédio para o mau hálito.

12- É afrodisíaco

Existem alimentos capazes de aumentar a libido, e entre eles está o gengibre. Essa raiz é responsável por aumentar o fluxo de sangue que flui para os órgãos genitais, estimulando o desejo.

Além de ser benéfico para a vida sexual, tanto para os homens quanto para as mulheres, proporciona maior sensação de bem-estar.

13- Auxilia no tratamento de diabetes

O gengibre pode ser utilizado para auxiliar no tratamento de diabetes, pois reduz os níveis de glicose.

Também contribui para que pessoas com diabetes tipo 2 possam expelir mais insulina.

Entretanto, esses benefícios se manifestam com o consumo regular de gengibre.

Antes de fazer uso, consulte-se com um médico e verifique a possibilidade de agregar esse ingrediente ao tratamento de diabetes.

14- Contribui para a perda de peso

O gengibre pode contribuir para a perda de peso, visto que equilibra os hormônios e os níveis de energia.

Auxilia no controle do apetite, problema associado ao estresse e a um possível desequilíbrio hormonal. Desta forma, reduz inchaços provocados por estes fatores.

Há, ainda, estudos que mostram o gengibre como responsável por estabilizar os níveis de cortisol no organismo, que podem estar relacionados ao aumento ou a dificuldade em perder peso.

15- Ajuda na prevenção de doenças cardíacas

Por ser uma planta medicinal, o gengibre possui vitamina B6, magnésio, potássio e vários outros nutrientes que são benéficos para o coração, diminuindo as chances de alguma doença cardíaca se desenvolver.

Além disso, ele pode auxiliar a reduzir o colesterol ruim, outro fator considerado maléfico para a nossa saúde.

16- Ajuda no tratamento de infertilidade e disfunção erétil

A saúde do homem, assim como é para as mulheres, tem muito a ganhar com o consumo do gengibre. Isso porque existem estudos que apontam que o consumo de gengibre apresenta bons resultados em casos de disfunção erétil e infertilidade.

Por ser vasodilatador, o gengibre se torna benéfico para os homens que sofrem com esse tipo de problema por estimular uma melhor circulação e fluxo sanguíneo.

Igualmente atua diretamente no sistema neurológico, e, implicitamente, interfere no tratamento da disfunção erétil.

O manganês, presente no gengibre, ajuda na liberação de testosterona, hormônio sexual masculino. Dessa forma, essa substância se torna fundamental para manter o desejo sexual e a produção de espermatozoides.

Assim sendo, age beneficamente como uma forma de tratamento da disfunção erétil e também da infertilidade.

Quanto devo consumir?

Quando consumido em excesso, o gengibre apresenta complicações para a saúde. 

Por isso, o mais indicado é que se procure orientação médica para entender qual o limite que o seu corpo deve consumir desta planta, para que não se tenha nenhum efeito colateral.

Como usar

As partes usadas do gengibre são as raízes para fazer chá ou temperar as refeições.

  • Chá de Gengibre para resfriado e dor de garganta: colocar de 2 a 3 cm de raiz de gengibre numa panela com 180 ml de água e deixar ferver por 5 minutos. Coar, deixar esfriar e beber até 3 vezes por dia;
  • Compressa de Gengibre para reumatismo: ralar o gengibre e aplicar na região dolorida, cobrir com uma gaze e deixar atuar por cerca de 20 minutos.
  • Contra febre e dor de garganta, um chá de gengibre, expectorante e descongestionante, faz maravilhas. Para isso caramelize um gengibre fatiado (sem casca) com duas colheres de sobremesa de açúcar, depois acrescente três copos de água e ferva tudo junto. Se quiser, adicione hortelã e canela à mistura! 
  • Outra boa dica – gestantes e pessoas que costumam enjoar durante viagens – devem mastigá-lo cru. Bastam alguns minutos e o bem-estar está de volta.

Possíveis efeitos colaterais

Os efeitos colaterais mais comuns que podem ser causados pelo gengibre são dores de estômago e sonolência, mas geralmente isso só ocorre quando consumido em excesso.

Quem não deve usar

O gengibre é contraindicado para pessoas alérgicas e para aquelas que utilizam remédios anticoagulantes, porque pode aumentar o risco de hemorragias. 

Pessoas com pressão alta e que usam medicamentos para controlar a pressão só devem consumir gengibre de acordo com orientação médica, pois ele pode interferir com o efeito do remédio, descontrolando a pressão.

Durante a gravidez, essa raiz pode ser usada em forma de raspas para aliviar os enjoos durante a gestação. Seguir orientação médica.

Veja mais detalhes sobre Gengibre, clicando na imagem abaixo.

Gengibre400mg – 120 Cáps
“O Gengibre é uma planta muito utilizada para combater as doenças respiratórias, além de ser muito indicado para a profilaxia de náuseas e vômitos…” Farmacêutica Paula Silva.

comprar

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Nenhum voto até o momento)
Loading...

Sobre Ellen Frazão

Meu nome é Ellen Frazão e promovo a boa nutrição. Trabalho com dietas, tratamentos para emagrecimento, reeducação alimentar, atividades físicas voltadas para melhoria do metabolismo, alimentação infantil e grupos especiais. Fique à vontade para fazer perguntas e postar seus comentários! Acesse meu Perfil no Google+. Sou uma personagem criada para representar a equipe farmacêutica e nutricionista da Farmácia Eficácia que criam, revisam e respondem por todos os artigos publicados no blog.